Comunicação Digital B2B

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Por Liliana Machado,
Comunicação e Marketing Digital AJNET,


O impacto dos conteúdos digitais para a internacionalização das empresas
Há uma década, quando uma empresa definia como estratégia a internacionalização, colocava em cima da mesa os custos alargados que a mesma implicava: investimento em feiras internacionais; estudos de mercados emergentes para a sua área de negócio; viagens para captação e aproximação de mercado; etc.

Atualmente, as redes sociais e os conteúdos digitais facilitaram a internacionalização das empresas, com baixos investimentos e maior taxa de sucesso. É possível a uma empresa atravessar fronteiras e chegar a diversas localizações geográficas, sem sair do escritório.

Duas questões orientam o debate deste artigo:

  • as empresas estão aptas a acompanhar este paradigma global?
  • sabem tirar partido dos conteúdos digitais para a internacionalização?

Vamos por partes.

Primeiro, para acompanhar o novo paradigma global é necessário estar sempre atualizado face às novas tendências digitais de comunicação e que podem ajudar a sua empresa na internacionalização. Como sabe, o mundo digital está em constante movimento e é necessário pedalada para o acompanhar.

Segundo, tirar partido dos conteúdos digitais para internacionalizar a sua empresa é criar um plano com um conjunto de estratégias desenhadas apenas para a comunicação digital com foco na conquista dos mercados internacionais. Para isso, tem de conhecer bem as linguagens digitais e os vários suportes que lhe permitem destacar-se no online.

Vamos aos pontos essenciais para definir uma boa estratégia de comunicação digital para a internacionalização.

  • Adequar os conteúdos à cultura
    Um dos maiores erros das empresas portuguesas com negócios internacionais é ter, por exemplo, uma página nas redes sociais onde são publicados conteúdos fechados, ou seja, voltados para si mesmo e para o país de origem, ainda que escritos em inglês. Lembre-se que para estabelecer empatia é necessário publicar conteúdos com os quais o usuário se identifique. Gerar insights positivos são o ponto chave para o sucesso da sua comunicação digital.
  • Defina e avalie o posicionamento da marca
    No país de origem, a sua empresa/marca pode até ser bastante reconhecida e ter um impacto forte, mas isso não significa que o seja nos mercados internacionais. Verifique se o nome da sua empresa ou da sua marca não terá outro significado nos países para onde comunica ou se poderá, até mesmo, ser um termo ofensivo. Assim, quando criar as redes sociais tenha isto em atenção para não morrer à nascença.
  • Qual o objetivo da comunicação?
    Aumentar a notoriedade e a visibilidade da empresa junto dos mercados internacionais? Reforçar o seu posicionamento e estabelecer relacionamentos que potenciem novos clientes?

Oriente a sua comunicação com base no objetivo que pretende alcançar nos países de penetração. 

  • Fique atento ao fuso horário
    Quando planear uma publicação nas redes socias e que pretenda ter impacto no público internacional, lembre-se do fuso horário do país a que se destina o conteúdo. Esta é uma prática comum, pois não vale de nada publicar um conteúdo de manhã, se no país de destino é noite ou madrugada. 
  • Interatividade
    As redes sociais permitem criar interatividade e ajudam a sua empresa a estar mais próximo do seu target, quebrando assim as barreiras geográficas, colocando a sua empresa em posição de proximidade. É importante gerar e potenciar a participação do público, de modo a obter mais insights e trabalhar a sua comunicação com base neles.  Ao mesmo tempo, quando está a interagir com o seu público, significa que o elo de empatia foi conquistado, permitindo o engajamento do público internacional com a página da sua empresa.
  • Relevância
    O ponto chave é criar conteúdos com relevância. Na comunicação B2B o conteúdo é diferente e adaptado ao meio empresarial, portanto, o essencial é demonstrar aos potenciais clientes o valor acrescentado dos seus serviços ou produtos e como eles podem ser úteis. Comunique o seu know how e mostre como é expert no seu segmento de negócio. Mostramos alguns métodos eficazes para gerar conteúdos de relevância:
  • Vídeos: já abordamos anteriormente a importância do vídeo nas redes sociais. Faça vídeos que mostrem as instalações, transmitam o processo de fabrico, a unidade de produção, mas não só. Não esqueça o storytelling. Conte histórias, seja sobre a sua empresa ou sobre um produto ou serviço, uma ideia, etc.; promova produtos/serviços de forma inspiradora e criativa.
  • Promova webinars a partir das redes sociais: partilhe conhecimento, promova o debate sobre temas de interesse para o seu público, leve convidados especializados no seu segmento para valorizar ainda mais o conteúdo. Os webinars ajudam a estabelecer uma relação de proximidade com o seu cliente. 
  • Publique artigos: seja no blogue do website da sua empresa ou nas redes sociais, os artigos trazem notoriedade à sua empresa, pois atestam o seu nível de conhecimento na área de atuação da sua empresa.
  • Email marketing: escolha uma cadência, por exemplo mensal, para enviar newsletters com conteúdos importantes relacionados com a sua empresa.  
  • Redes de contacto:
    As redes sociais são um suporte interessantíssimo para a criação de redes de contactos empresariais. Uma vez criada esta rede, alimente a máquina com conteúdos de valor que acrescentem utilidade e despertem a necessidade do usuário pelo seu serviço.

Ter uma boa estratégia de criação de conteúdos digitais é essencial para atingir os seus objetivos de internacionalização. As plataformas digitais permitem alcançar os mercados mais rapidamente e com maior taxa de sucesso, basta que a estratégia de conteúdos seja cirúrgica.

Na dúvida, contacte profissionais especializados para desenvolver o marketing digital internacional da sua empresa.

Para mais ideias subscreva

VAMOS IMPRESSIONAR JUNTOS?